Senar/Faperon: Curso de Boas Práticas capacita mais uma turma de produtores

O curso capacita na preparação de ingredientes, higiene e conservação de alimentos.

Mais uma turma de trabalhadores está sendo capacitada pelos cursos do Senar/Faperon que em Espigão tem a parceria do Sindicato dos Produtores Rurais.

O curso de Boas Práticas com 24 horas de duração atende a uma turma de 15 alunos inscritos.

Ministrado pelo instrutor José Iracio da Silva que a 22 anos atua no Senar, o curso visa atender o trabalhador no manuseio de alimentos no seu dia a dia.

As boas práticas de manipulação com destaque a higiene que deve ser observada pelos trabalhadores.

Esse princípio parte desde a escolha do produto na compra até no manuseio do preparo do alimento até a venda, evitando assim a ocorrência de contaminação pelo consumo de alimento impróprio por parte dos consumidores.

O curso também aborda as leis sanitárias que ajudam na qualidade do produto final. Ao falar da importância da capacitação no manuseio de alimentos, o instrutor Iracio Negão cita os conhecimentos que o produtor vai adquirir para produzir um produto de maior qualidade.

“Pequenos comerciantes, autônomos e os feirantes são os seguimentos mais valorizados nessa capacitação, pois diariamente trabalham no manuseio de alimentos”, segundo o instrutor a capacitação vem agregar um melhor aproveitamento de seu produto final.

A mobilizadora do Senar/Faperon para Espigão do Oeste, Clerman Romio em nome do Sindicato dos Produtores Rurais parabenizou a turma que se mobilizou para participar. “O produtor rural é o nosso maior parceiro, poie ele é a roda que gira a nossa economia”.

Clerman agradeceu a participação do sindicato através de seu presidente Nestor Romio e o instrutor José Iracio. “A partir de agora essa turma irá colocar em pratica as maneiras corretas aprendidas, esse é o objetivo, preparar os nossos trabalhadores”, finalizou Clerman Romio.

Autor: Luizinho Carvalho/Cientista Social

Fotos: Clerman Romio/Senar

Comentarios