Prefeito Marcito garante medicação para tratamento da Covid e comércio aberto

Porém, essa medicação deve ser distribuída com critérios médicos por que são remédios controlados pelo Governo Federal

“Temos mais de 80 mil comprimidos de ivermectina, Difosfato de Cloroquina, vitamina D, Azitromicina, sulfato de hidroxicloroquina, e Sulfato de Zinco.

Toda essa medicação está à disposição da população de Ji-Paraná nas duas Farmácias Básicas do Município.

Porém, essa medicação deve ser distribuída com critérios médicos por que são remédios controlados pelo Governo Federal”.

A afirmação é do Prefeito de Ji-Paraná, Marcito Pinto (PDT) onde explicou as pessoas que para ter acesso aos remédios devem procurar qualquer um dos postos de saúde e passar pela avaliação médica para receber a medicação.

O médico irá realizar a consulta e fará a prescrição médica levando em consideração os sintomas e o estado clínico do paciente, orientando sobre as dosagens e a quantidade de comprimidos a serem fornecidos.

Conforme Marcito, foram adquiridos aproximadamente R$ 900 mil em medicamentos, recursos destinados ao município de Ji-Paraná pelo Governo Federal, através da portaria 1666/2020.

Os valores na ordem de R$ 10 milhões, foram depositados para o município recentemente, e já estão sendo aplicados em diversas áreas da saúde, sendo uma delas a assistência farmacêutica.

Marcito informou que até o final desta semana, outros dois pregões eletrônicos para aquisição de mais lotes de medicamentos serão finalizados.

Nestes dois pregões devem ser adquiridos mais 300 mil comprimidos de sulfato de hidroxicloroquina, Vitamina-D, Sulfato de Zinco e ivermectina. “Por tanto, a população pode ficar despreocupada que não haverá desabastecimento”, afirmou.

Outro assunto abordado pelo Prefeito Marcito é quanto à manutenção do decreto municipal que prevê a flexibilização das atividades comerciais e empresariais na cidade.

“Ji-Paraná tem uma das maiores taxas de cura de Covid dentre os maiores municípios do Estado, nossa taxa de cura é 88%.

Nossa taxa de contágio é baixa, quando comparados aos outros municípios, ela está na casa de 1, 141%. Por isso, sou contra os critérios estabelecidos pelo Governo do Estado para a reclassificação da nossa cidade.

Fonte: Decom

Comentarios