Pedreiro é preso após Polícia Ambiental flagrar paca morta dentro de seu carro

22 julho, 2019

Homem levou policiais até fazenda onde havia deixado espingardas.

Por porte ilegal de arma e crime contra animais, um homem foi levado para a Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp) de Vilhena na madrugada do domingo, 21, ao ser flagrado no KM 1 da Estrada da Farinheira.

A abordagem aconteceu por volta das 23 horas de sábado, 20, quando a patrulha ambiental abordou o carro dirigido por um pedreiro de 38 anos.

Ao revistar o veículo, a polícia encontrou, dentro do porta-malas, uma mochila com roupas sujas de sangue, e uma paca morta.

Questionado, o abordado confessou que havia matado o animal e que estava caçando em uma fazenda. Porém, a arma usada teria sido deixada na casa do caseiro, pois ele tinha medo de ser parado pela polícia no trajeto.

Os policiais perguntaram se o homem iria com eles até o local, buscar a arma, e ele disse que sim. Já na fazenda foram entregues à polícia duas espingardas, umas .36 e a segunda .32, além de uma bolsa com cartuchos.

Fonte: Folha do Sul

Comentarios