PDT ameaça com sanções a parlamentares por voto favorável ao governo

Além da deputada federal Sílvia Cristina (PDT-RO) mais sete parlamentares do partido na Câmara Federal passam a partir de hoje (17) a cumprir suspensão e a responder processo, porque votaram contra as determinações do partido, que eram contrárias a aprovação da reforma da previdência.

No mínimo sofrerão uma advertência, porque o famigerado fundo partidário depende da bancada federal e, o presidente nacional, Carlos Lupi não vai abrir mão dessa grana. No mínimo os deputados vão receber uma advertência e tudo ficar o dito pelo não dito.

Durante o período de suspensão (45 a 60 dias) os deputados não poderão usar a legenda do partido nas direções estaduais e nacional, no Congresso e usar a legenda do PDT.

Fonte: Tudorondonia

Comentarios