Partido Republicano da Ordem Social terá Diretório em Espigão do Oeste

Com uma nova ideologia política, o PROS/Espigão aposta em novas lideranças locais.

Com as mudanças introduzidas pela nova lei eleitoral que entre outras mudanças decretou o fim das coligações, com certeza irá trazer muitas “Dores de Cabeça” a velha classe política.

Velhos políticos que se acostumaram com as antigas regras que sempre os favoreceu nos pleitos.

O Partido Republicano da Ordem Social (PROS) de Rondônia que tem como uma de suas lideranças o deputado reeleito Anderson do Singeperon (PROS) já iniciou sua reestruturação partidária nos 52 municípios do estado com uma ampla campanha de filiações.

Com esse objetivo o Partido Republicano da Ordem Social a partir de fevereiro inicia esse trabalho de apresentar o seu projeto político para 2020 junto as lideranças no estado, filiando correligionários, visando a projeção do partido para o próximo pleito.

Em Espigão do Oeste a comissão provisória do PROS já conta com dezenas de filiados. São lideranças comunitárias que estão hipotecando seus nomes nesse novo projeto político que é proposto pelo partido para ser implantado em Espigão.

Após a notificação por parte do TRE a todos os partidos que ainda dispõem de comissão provisória nos municípios para que a partir de 2019 criem seus diretórios, a comissão provisória do PROS de Espigão do Oeste já caminha para esse propósito.

O diretório local do PROS terá na sua diretoria uma composição formada por: Empresários, servidores públicos e profissionais liberais que irão deliberar a agremiação na execução do projeto/político para Espigão segundo as diretrizes do estatuto do partido.

Em consonância com os anseios da população por mudanças, o PROS traz uma nova proposta ao eleitorado de Espigão do Oeste. Abrir espaço político para as lideranças emergentes das comunidades locais para que se apresentem ao eleitor.

Dentro dessa ideologia política o Partido Republicano da Ordem Social, pretende colocar a apreciação da sociedade de Espigão do Oeste uma opção para hipotecar o seu voto, através de uma nominata composta por uma safra de novos políticos.

O desafio maior do PROS/Espigão é trazer pessoas voltadas ao compromisso de atender aos anseios do coletivo e não visualizar apenas a oportunidade de se favorecer dentro do cargo, promovendo ações voltadas apenas para o cunho pessoal.

Autor: Luizinho Carvalho/Cientista Social

Comentarios