Opinião: “Vira-latas”

”Os chineses agora alegam que nossa carne pode levar o vírus corona. Que ironia, já que o vírus saiu de um mercado de animais, em Wuhan.

Eles têm 1,3 bilhão de bocas para alimentar, precisam de proteína, e nós é que dependemos deles?”

O tempo passa e nós não aprendemos. Continuamos subservientes, com complexo de vira-lata, aceitando tudo que o estrangeiro inventa contra nós.

Pior é que, aqui dentro, a cumplicidade que aplaude, estimula e amplia a conspiração lesa-pátria, fingindo que não sabe que se trata de business.

Ontem foi Dia do Agricultor, que produz a comida que nos mantém vivos, as fibras com que nós vestimos e a energia que impulsiona nossos veículos e nossas indústrias.

E temos que humilhar e responder a mentiras e ameaças de estrangeiros que, sabemos, estão movidos por Money.

Querem atingir o nosso negócio mais próspero, mais atualizado; a nossa conquista de ter alimentos para o mundo.

Querem que voltemos à condição de colônia fornecedora. Nossa soja e nossa carne crescem em produtividade e, claro, em competitividade. E não querem competição.

Será que nesse complexo de vira-latas alguns de nós nem se dão ao trabalho de ir ao Google para checar as mais recentes fotos da Nasa sobre fogo no mundo? Vão achar, mas não na Amazônia.

Os chineses agora alegam que nossa carne pode levar o vírus corona. Que ironia, já que o vírus saiu de um mercado de animais, em Wuhan.

Eles têm 1,3 bilhão de bocas para alimentar, precisam de proteína, e nós é que dependemos deles? E, secundando o dinheiro internacional, aparecem banqueiros nacionais, a pressionar produtores de carne que já reservam 80% de suas propriedades como proteção ambiental na Amazônia.

Será que só conhecem juros e taxas, e não sabem que a produção de carne tem subido, mas a área de pastagem tem diminuído?

O Brasil é este gigante graças a gente como Pedro Teixeira, Fernão Dias, Rio Branco, Juscelino e por causa de milhões de brasileiros que semearam suor na vastidão e colhem a comida que vai para as mesas do Brasil e de boa parte do mundo.

Antes de Cabral chegar, tínhamos menos de 10% das florestas do planeta; hoje temos quase 30%, porque o mundo destruiu suas matas e agora cobiça nossas riquezas.

Até se compreende que estrangeiros criem Fake News contra o Brasil, mas não se pode compreender a cumplicidade de brasileiros nisso.

Fonte: Alexandre Garcia

Comentarios