Operação Verde Brasil 2 aplica quase R$ 7,5 milhões em multas

Operação foi deflagrada em 11 de maio para combater crimes ambientais nos estados que compõem a Amazônia Legal

O Ministério da Defesa divulgou, nesta quarta-feira (20/5), os resultados das ações da Operação Verde Brasil 2, que atua contra delitos ambientais na Amazônia Legal.

Segundo novo relatório, apenas na área de atuação do Comando Conjunto Príncipe da Beira, que engloba os estados do Acre, Amazonas e Rondônia foram expedidos multas e termos de infração que somam quase R$ 7,5 milhões.

A Operação também visa o combate aos crimes na região e apreende armas, equipamentos e veículos utilizados em atividades ligadas ao desmatamento. Além disso, também recupera madeiras extraídas ilegalmente.

Para as abordagens, foram realizadas instruções de patrulhamentos ostensivos e escolta armada de comboios. De acordo com o Ministério da Defesa, os militares agem em parceria com a Polícia Rodoviária Federal nos postos de bloqueio e controle de estradas.

Na coordenação de atividades aéreas, o Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE), em Brasília, acumula 136 horas de voo nesse segundo ano da Operação Verde Brasil.

A Operação

A Operação Verde Brasil 2 é coordenada pela Vice-Presidência da República, em apoio aos órgãos de controle ambiental e de segurança pública. A missão deflagrada pelo Governo Federal, em 11 de maio de 2020, visa ações preventivas e repressivas contra delitos ambientais na Amazônia Legal.

A determinação para o emprego das Forças Armadas nestas atividades foi publicada no Diário Oficial da União por meio do Decreto n° 10.341, de 6 de maio de 2020, e tem validade para o período de 11 de maio a 10 de junho do corrente ano.

Fonte: Correio Braziliense

Comentarios