No Face book secretário de educação desabafa sobre cargos comissionados

“Todos os servidores públicos que já passaram por mais de uma mudança de governo sabem que ao final de um mandato de um governador (caso não seja reeleito ou não possa concorrer à reeleição).

No último dia de governo exonera os gestores ou pessoas que possuem Funções Gratificadas ou, Cargos em Comissão – CDS, e isso é legal.

Entretanto, toda a funcionalidade dos serviços ofertado não sofrem solução de continuidade, posto que os servidores públicos que fazem o atendimento de todas as atividades, em todas as secretarias trabalham normalmente.

Mas, nessa exclusiva mudança de governo, apareceram pessoas apresentando-se como servidores públicos e inclusive questionando que as escolas vão entrar o processo de matrículas sem os gestores escolares.

Todos sabem que mesmo exonerados os gestores até que sejam substituídos ou renomeados, são responsáveis pela funcionalidade da máquina estatal. Ao mais, quem acredita na ingenuidade do homo sapiens, sapiens? O que existe é inconveniência mesmo, é vontade de incomodar.

Na realidade o que está acontecendo são pessoas que procuram uma forma de aproximar-se do governante novo e lança mão de artifícios antirrepublicanos buscando desestabilizar o novo gestor, objetivo com certeza inalcançável.

Senhores coordenadores de CRE, diretores escolares, continuem atendendo os cidadãos que buscam realmente algum serviço e acalmem nossas comunidades pois sabemos que as mesmas são pacíficas e compostas por pessoas de bem.

Ao mais tanto na SEDUC como em outras secretarias as ações estão acontecendo na mais perfeita normalidade. AVANTE POVO ORDEIRO E TRABALHADOR DE RONDÔNIA. EDUCADORES VAMOS COMPARTILHAR!

Fonte: Observador

Comentarios