Mais de 400 quilômetros de rodovias recebem melhorias na região de Ji-Paraná

A 8ª Residência Regional do Departamento de Estradas de Rodagem, Infraestrutura e Serviços Públicos (DER), com sede em Ji-Paraná, município de total importância para economia e desenvolvimento de Rondônia por ser grande gerador de emprego e renda, e movimentar a maior parte do setor industrial do Estado, tem seguido o Cronograma Anual de Trabalho com intensidade.

Prova disso, foi o relatório de ações repassado pelo residente regional, engenheiro Carlos André da Silva Morais. De acordo com o documento, os serviços do DER beneficiam a região com mais de 400 quilômetros de rodovias.

As pavimentadas receberam os serviços de tapa-buracos com asfalto de qualidade nos trechos da RO-135 que liga Ji-Paraná ao distrito de Nova Londrina; patrolamento e levantamento do aterro na RO-133 com instalação de bueiros de concreto e metálicos para drenagem das rodovias estaduais.

Manutenção em 20 quilômetros do pavimento da RO-480; 14 quilômetros da RO-133; 30 quilômetros da RO-135; 5 quilômetros da RO-472; além das seguintes linhas e rodovias não pavimentadas atendias: Linha Santa Rita, RO-480, RO-472, Linha km 9, Linha 82, RO-135/Linha km 4, RO-476/Linha 114, RO-133 e Linha km 12.

TRABALHOS EM EXECUÇÃO

O Residente Carlos Morais informou que neste mês de outubro, os trabalhos do DER em Ji-Paraná contam com quatro frentes de serviço para manutenção de 13 quilômetros da RO-477 (linha eletrônica) e a restauração do Anel Viário, realização de um sonho antigo da população, onde 13,5 quilômetros são atendidos com aplicação de asfalto.

“O Anel Viário é considerado a principal via de escape que desafoga todo o trânsito pesado da BR 364, que antes passava na área urbana e trazia vários transtornos. Hoje, esta obra está se tornando uma realidade, graças ao empenho do governador, coronel Marcos Rocha, em viabilizar a conclusão dos serviços.

As equipes da usina de asfalto e da 8° Residência Regional do DER de Ji-Paraná vem trabalhando com afinco para conclusão no menor tempo possível”, destacou Carlos.

Quanto à sinalização do Anel Viário de Ji-Paraná, o residente informou que a contratação da empresa está em fase de licitação para que a via seja devidamente sinalizada assim que os trabalhos de restauração forem concluídos.

“Primeiro se conclui toda a pavimentação e, logo após, serão implantadas a sinalização horizontal (pintura de faixas e taxas refletivas) e vertical que inclui as placas de sinalização de advertência, regulamentação e de informação”, esclareceu o engenheiro residente. A 8ª Residência, além de atuar com frentes de serviço em Ji-Paraná, atende Presidente Médici e o distrito de Nova Colina.

Fonte: Gabriela Mourão – Secom/RO

Comentarios