Governo incentiva plantio de café clonal em Vilhena e no Cone Sul

Seagri e Semagri prometem assistência técnica, correção de solo e crédito.

A Rondônia Rural Sul tem sido palco de abertura de inúmeros diálogos entre produtores consumidores e também entes públicos e privados que podem fomentar o agronegócio.

 

O plantio de café tem se mostrado uma forma promissora de cultivo com resultados positivos no estado.

No entanto, produtores regionais, principalmente os vilhenense, têm dificuldades com a deficiência de ferro no solo local e também desejam mais linhas de crédito para que iniciem o cultivo de café.

Pensando nisso, nesta sexta-feira a Seagri (Secretaria de Estado de Agricultura), a Semagri (Secretaria Municipal de Agricultura), Banco do Povo, Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio aos Micro e Pequenos Empresários), produtores e compradores iniciaram um diálogo com o objetivo de fomentar o cultivo do café na região do cone sul.

O secretário estadual de Agricultura, Evandro Padovani, e o secretário municipal de Agricultura, Elói Maria, se prontificaram em apoiar os produtores com equipes de engenheiros dando o suporte técnico, assim como a busca de implementos para correção de solo.

Ao mesmo tempo o Banco do Povo vai oferecer microcrédito para aquisição de sementes e implementos agrícolas. A contrapartida dos produtores será, além de plantar, a busca de estudos de solo para a correção e melhoria do plantio.

“O nosso principal objetivo é alavancar a produção, gerar renda e diminuir o êxodo rural, proporcionando uma nova forma de atividade para as famílias que tiram seu sustento do campo.

O campo gera um lucro muito bom, os filhos dos produtores não precisam vir para a cidade para trabalhar por um salário mínimo quando podem ganhar muito mais com a produção agropecuária. Nesse contexto o café é um ótimo negócio”, finaliza Elói Maria.

Fonte: Semcom

Comentarios