DER atende população na região de Urupá com galeria de escoamento na RO-473

Com recurso do Fundo para Infraestrutura de Transportes e Habitação (Fitha) foram investidos aproximadamente R$ 350 mil na construção da galeria

Por meio do Departamento de Estradas de Rodagem, Infraestrutura e Serviços Públicos (DER), o governo do Estado tem realizado ações com planejamento para garantir serviços de qualidade com resultados duráveis e, assim, melhorar a trafegabilidade nas rodovias de Rondônia fazendo o melhor uso dos recursos públicos.

Para atender à população da região de Urupá, na RO-473, o DER realizou a construção de um Bueiro Triplo Celular de Concreto (BTCC), popularmente conhecido como galeria de escoamento de água. Desde o início de 2018, a rodovia estava parcialmente bloqueada por conta de um desmoronamento do antigo bueiro, o que causou inúmeros transtornos aos que, rotineiramente, trafegam no local.

Sob responsabilidade da 3ª Residência Regional do DER, o residente Jean Gilioli informou que a rodovia é de total importância para o escoamento da produção, por ser a principal via de acesso do município de Urupá à BR 364.

“No início deste ano, para cumprir a determinação do governador Marcos Rocha, fizemos o projeto de construção da galeria na busca por soluções definitivas no local.

Durante os trabalhos, construímos um desvio provisório para atender a população e evitar mais transtornos na rotina dos que dependem desta via de acesso”, explicou.

“Morador de Urupá há 25 anos, o produtor rural Leandro Martins disse que a via estava parcialmente bloqueada há mais de um ano”

Com recurso do Fundo para Infraestrutura de Transportes e Habitação (Fitha), foram investidos aproximadamente R$ 350 mil na construção da galeria, e a população atendida agradece pelos serviços prestados e os excelentes resultados.

“Pelas condições que estavam, os riscos de acidentes eram muito grandes e essa rodovia é muito utilizada aqui na região.

Por aqui, passam estudantes, universitários, ambulâncias e caminhões carregados, todos os dias.

O nosso maior receio era o bueiro desmoronar de vez e ficarmos sem nenhum tipo de acesso. Com essa obra do governo podemos trafegar com tranquilidade”.

Fonte: Decom/RO

Comentarios