Coordenador da Funai é morto a flechada por índios isolados em Rondônia

O indigenista Rieli Franciscato foi morto nesta quarta-feira (9) por índios isolados em um sítio na zona rural de Seringueiras., segundo confirmou a Polícia Civil.

Rieli atuava na Funai há cerca de 30 anos e atualmente era coordenador da Frente de Proteção Etnoambiental Uru-Eu-Wau-Wau.

Nesta quarta-feira tentava evitar um atrito entre os índios isolados e moradores da região quando foi atingido com uma flechada no peito.

Rieli ainda foi socorrido por militares, mas acabou vindo a óbito antes mesmo de receber atendimento médico.

Segundo o jornalista e antropólogo Felipe Milanez, em publicação no Twitter, Rieli era paranaense, filho de migrantes em Rondônia, e desde pequeno se engajou na luta ao lado da floresta.

“Nos anos 1980 e 1990 participou das redes mais engajadas de indigenistas em Rondônia, um dos fundadores da Kanindé.

Fonte: RondoniaUrgente

Comentarios