Comissão de Segurança Pública convoca Comando da PM para esclarecimentos

Parlamentares haviam pedido esclarecimento sobre deslocamento de policiais no primeiro turno das eleições

A reunião da Comissão de Segurança Pública (CSP) em reunião na manhã desta terça-feira (6) presidida pelo deputado Jesuíno Boabaid (PMN) relatou que a Polícia Militar (PM) não apresentou justificativa para o deslocamento de policiais para o interior do Estado “impedindo o direito ao voto de vários servidores”.

O parlamentar destacou que encaminhou ofício ao Comando Geral da PM solicitando esclarecimentos sobre a situação dos policiais que foram deslocados de suas bases durante o primeiro turno das eleições.

“O interessante é que no segundo turno o Comando passou uma lista perguntando qual a base dos policiais para garantir o voto.

Isso é inadmissível e uma afronta” ressaltou Boabaid informando, que agora não serão mais convidados, mas convocados a prestar as devidas explicações e justificativas.

O deputado Anderson do Singeperon (Pros) reforçou o pedido do presidente da Comissão e leu relatório proferido sobre denúncia referente a direitos e prerrogativas da servidora policial cedida à Superintendência de Polícia Técnico-Científica (Politec).

O voto do parlamentar foi pela garantia dos direitos da servidora requerente do parecer da CSP para que a mesma mantenha os direitos como policial civil, mesmo cedida para a Politec.

Fonte: Assessoria/ALE

Comentarios