Caminhoneiros fazem paralisação em estradas do Sul e Sudeste; veja estados com bloqueio

8 setembro, 2021

As manifestações não são comandadas por tradicionais entidades e lideranças de caminhoneiros.

Após as manifestações do dia 7 de setembro, caminhoneiros que apoiam o presidente bloquearam rodovias federais em pelo menos cinco estados nesta quarta-feira: Espírito Santo, Santa Catarina, Paraná, Bahia e Pernambuco.

As manifestações não são comandadas por tradicionais entidades e lideranças de caminhoneiros, que recentemente refutaram participar dos atos a favor do presidente Jair Bolsonaro. O presidente da Associação Brasileira dos Condutores de Veículos Automotores, Wallace Landim, voltou a negar participação e apoio em ato Bolsonaristas.

“Essa paralisação não é da categoria dos caminhoneiros, é da direita. Além deles, há o pessoal do agronegócio com a pauta intervencionista, fechando rodovias e usando nome da categoria”, explicou o líder da ABRAVA.

A paralisação tem sido organizada em grupos de WhatsApp, e não tem ligação com entidades de classe dos trabalhadores. Em vídeos nas redes sociais, caminhoneiros autônomos dizem apoiar pautas de Bolsonaro e creditam o aumento dos combustíveis aos governadores. Também fazem ataques ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Em uma das publicações, um caminhoneiro afirma que o Supremo “é uma milícia” e que o grupo não vai aceitar que o país “seja comandado por 11 ministros”.

Em outro, um caminhoneiro diz que caminhões com cargas não vão passar por estrada na Bahia. “Não está passando caminhão vazio, só passa ônibus, carro pequeno e carga perecível”, diz.

Fonte: Redação Finanças

Comentarios