Aprovado projeto que dispõe inclusão de Libras nas escolas públicas de Rondônia

11 dezembro, 2018

No país, a Língua Brasileira de Sinais foi reconhecida oficialmente, pela Lei nº 10.436 de abril de 2002

Com intuito de promover a interação e inclusão social entre as pessoas com deficiência sensorial auditiva e as demais, o deputado Léo Moraes (Podemos) apresentou e teve aprovado o projeto de Lei 884/18.

Projeto que dispõe sobre o ensino da Linguagem Brasileira de Sinais- Libras, no ensino médio da rede pública do Estado como disciplina optativa, a todos os alunos regularmente matriculados.

No país, a Língua Brasileira de Sinais foi reconhecida oficialmente, pela Lei nº 10.436 de abril de 2002. De acordo com o texto do projeto, antigamente os surdos tinham pouca ou nenhuma oportunidade de ensino.

Muitas vezes eram obrigados a utilizar os métodos oralista como meio de comunicação e aprendizado, sendo que este prevê o uso exclusivo da língua oral.

Léo Moraes explica que incluir as pessoas com deficiência dentro da escolar regular será um grande desafio, pois a Libra não são apenas mímicas.

“A Libra é um conjunto de gestos, uma língua natural, com gramática própria. Essa lei permitirá que à criança surda, além do desenvolvimento linguístico, tenha a oportunidade de desenvolver aspectos cognitivos, afetivos e emocionais”, finaliza.

Fonte: Assessoria/ALE

Comentarios