80 milhões ficarão sem nada no pós-pandemia, alerta João Campos

O deputado federal comentou sobre a possibilidade de transformar o auxílio emergencial em um benefício permanente

O deputado federal João Campos (PSB-PE) é, dentro do Congresso, um entusiasmado defensor da renda básica universal.

Ele presidirá uma frente ampla, com apoio de 22 dos 23 partidos da Câmara e diversos especialistas e representantes da sociedade civil, em defesa do fortalecimento da proteção social.

O parlamentar projeta que, com o fim do auxílio emergencial, aproximadamente 80 milhões de brasileiros passarão a viver sem nenhum auxílio, na informalidade e abandonados à própria sorte.

João Campos busca o entendimento sobre a possibilidade de tornar o benefício do auxílio emergencial permanente.

Por: Luiz Calcagno

Comentarios